domingo, 22 de abril de 2012

Tribullus e ZMA

TESTOSTERONA



A testosterona é o mais importante hormônio para o crescimento muscular. Aqui estão alguns benefícios que o aumento da testosterona poderão lhe trazer:

    * O aumento da dimensão e força muscular
    * A diminuição da gordura corporal
    * Maior desejo e performa sexual
    * Maior humor
    * Diminuição dos níveis de ‘mau’ colesterol

10 passos simples para aumentar naturalmente seus níveis de testosterona e alcançar benefícios incríveis:

1 – EXERCÍCIOS COMPOSTOS

Use exercícios compostos. Eu estou falando sobre o básico, o pão com manteiga. Agachamento, Supino, Remadas, Puxadores, rosca direta etc. Estes exercícios irão colocar os seus músculos com a maior quantidade de stress no ginásio e ajudara na maior produção de testosterona.

2 – TREINE DURO

Sempre combine 100% esforço e intensidade. Se você quiser ver ganhos reais, você deve estar disposto a treinar até o seu limite no ginásio. Uma vez mais, uma maior intensidade no ginásio traduz em maior produção de testosterona. Treine duro, treine Pesado. No Pain, No Gain.

3 – TREINE AS PERNAS

Treine suas pernas tão duro quanto a parte superior. Como você pode já estar consciente, um intenso treino de pernas pode estimular o crescimento em seu peito, costas e braços. Isto é devido, em parte, ao aumento da testosterona que induz o treino de pernas,principalmente com o exercício Agachamento.

4 – TOME SOL

Tome mais sol. Você já notou que no verão seu desejo sexual aumenta.Pesquisas comprovam que a testosterona aumenta nesta estação. Ainda não se sabe ao certo porque a testosterona flutua deste jeito durante o verão, mas pesquisas especulam que isso se deve ao fato dos ciclos de luz e escuridão durante o dia. Algo que não é comprovado, mas pode trazer efeitos é pegar mais sol nas épocas de inverno, para aumentar seus níveis de testosterona.

5 – REDUZA A SOJA

Reduza o consumo de soja. Proteína de soja aumenta os níveis de estrogênio (o principal hormônio feminino), e isto tem um efeito negativo direto sobre níveis de testosterona.

6 – MENOS ALCOOL

Limite o seu consumo de álcool. O álcool tem demonstrado que têm um efeito dramático em baixar os níveis de testosterona, de modo a tentar limitar esta perda, mantenha o consumo de álcool em moderação ou melhor ainda, não consuma.

7 – CONSUMA HORTALIÇAS

Aumente sua ingestão de hortaliças crucíferas. Brócolis, couve-flor, rabanetes, nabos, couve demonstraram níveis para reduzir drasticamente estrogênio, aumentando assim os níveis de testosterona.

8 – MENOS STRESS

Reduza seus níveis estresse diário. Preocupações e nervosismo estimulam a liberação de “cortisol”, um hormônio altamente catabólico que fará com que seus níveis de testosterona caiam incrivelmente.

9 – MAIS SEXO

Aumentar a sua atividade sexual. Estimulação sexual provoca a liberação de hormônio oxitocina, que causa a liberação de endorfinas naturais (químicos estabilizadores do humor) na corrente sangüínea. As endorfinas naturais liberadas após a atividade sexual, ocasionam um relaxamento intenso e um sono profundo. Isso ajuda no estimulo para aumento da testosterona.

10 – DURMA BEM

Tenha uma boa noite de sono. A falta de sono contribui para a produção de ‘cortisol’, e isso irá diminuir seus níveis de testosterona.

Comece a aplicar estas dicas de forma consistente e você deve experimentar um notável aumento do seu tamanho e força muscular.



Tribullus Terrestris. Aumentar a produção de testosterona usando produto natural:

Tribullus Terrestris. Optimun Nutrition

O tribulus é um suplemento de ervas usado desde o final dos anos 70 na Europa Ocidental. Uma de suas propostas é aumentar a liberação do hormônio luteinizante para assim aumentar a produção de testosterona, a produção de espermatozoides, o aumento do volume ejaculatório, e aumento da libido.
É difícil achar pesquisas feitas sobre o Tribulus, a maioria das que existem tem relação com uma companhia Bulgariana chamada Sopharma, que produziu o primeiro tribulus, chamado Tribestan®. Isso não significa que as informações sejam falsas, mas devemos ter em mente que elas não são totalmente imparciais.
A proposta original do Tribulus era ser um tônico para tratar disfunção erétil. F dado o Tribestan® para homens saudáveis em uma dose de 750mg por dia, durante cinco dias. O LH e a testosterona aumentaram em 72% e 40% respectivamente. Como era de se esperar, o Estradiol (hormônio relacionado ao estrogênio) também aumentou, e em 81% !
O aumento da testosterona é o efeito mais comentado pelos vendedores de Tribulus, no entanto, não podemos esquecer que quando aumentamos a testosterona você aumenta a aromatização e com isso, o nível de estrogênio. Para falar em números: na pesquisa feita, os homens tinham em média 600ng/dL de testosterona, e ficaram com 850ng/dL, quantidade ainda normal para homens. O estradiol, que estava em 76 pg/ml foi para 137,5 pm/ml, quantidade considerada além do normal, que seria de 20 a 80 pg/ml.
Então porque não sofremos os sintomas que os níveis elevados de estrogênio nos causam, como a ginecomastia? Um dos motivos seria a má qualidade da maioria dos suplementos de Tribulus. Testes em laboratórios, (pagos pela Sopharma) em manufaturas de extrato de Tribulus mostraram que a maioria não continham níveis suficientes de protodioscina.

EXTRATO OU ERVA?

Outro fato que vale a pena falar é que o Tribulus Terrestris como um suplemento em erva (cru) é diferente do extrato. O “cru” se parece com qualquer outra erva que foi seca e triturada (figura 1) , e o extrato se é um pó marrom com um tom avermelhado (figura 2).
               
O extrato de Tribulus é seguro e parece não ter nenhum efeito colateral. Uma das razões para isso é que ele não eleva a testosterona além do limite. O corpo parece regularizar a aromatização para acomodar o aumentod e LH e testosterona. Nenhum estudo profundo foi feito para provar isso, mas pelas mudanças observadas no nível
de testosterona e estradiol, eu diria que há uma grande chance de ser verdade.
Então, para aproveitar ao máximo, eu sugiro que tome o extrato, e caso você possa (consulte um médico) tome um inibidor de aromatização, como o Arimidex, meio tablete por dia durante a primeira semana, depois meio tablete dia sim dia não, enquanto durar sua suplementação com o Tribulus. Você não vai querer inibir por completo a aromatização, pois isso levará a uma redução do nível de GH (hormônio do crescimento) e do IGF-1.

Resumo


Benefício observado
Aumento da liberação do hormônio luteinizante (LH) e assim aumento da produção de testosterona. Mesmo o mais potente tribulus não lhe trará os efeitos colaterais das “bombas”.
Há estudos para provar?
Sim, porém foram feitos pela Sopharma, laboratório que produz o Tribestan®. A pesquisa mostrou um aumento de ~72% do LH, ~40% da testosterona e ~80% do estradiol.
Mecanismo de ação
O tribulus terrestris estimula a liberação de LH na glândula pituitária. O mecanismo exato ainda é muito vago e essas são especulações.
Interage com outros nutrientes?
Não
Dose efetiva
As doses usadas no teste foram de 750 a 1500 mg por dia. (No teste, eles tomara o Tribestan® que é de boa qualidade, para outros suplementos com pouca quantidade de protodioscina serão necessárias doses maiores.
Como tomar
De 3 a 4 vezes por dia, junto com as refeições. Como a meia vida da protodioscina é muito curta (+ ou – 2 horas e meia), dividir mais a ingestão das pílulas durante o dia pode aumentar a efetividade.
É tóxico?
Não

Recomendado para:

Pode ser mais eficaz para corrigir um declínio na amplitude e/ou frequência do LH. Deve ser eficaz também para levar o nível de testosterona para a normalidade, em casos que esteja baixo,  como os seguintes:
  • Pessoas com caso de hipogonadismo
  • Após um clico de esteróides
  • Pessoas que malham muito pesado (overtraining)
  • Declínio de testosterona relacionado à idade
  • Durante dietas extremas ou prolongadas (lembre-se que a gordura é necessária para produção de testosterona.)
Nota: Tomar um inibidor de aromatização (aromatase) deverá aumentar a eficácia do extrato de Tribulus terrestris para aumentar a testosterona. Geralmente são muito caros, porém a Crisina tem um preço acessível, peça em sua farmácia de manipulação de confiança.



Fonte:http://www.malhandocerto.com/suplemento/tudo-sobre-o-tribulus-terrestris/






ZMA
O ZMA deriva da combinação do zinco com magnésio e vitamina B6. Este suplemento alimentar natural aumenta os níveis anabólicos, gera força, resistência e massa muscular.
Com uma fórmula projetada e patenteada, ele apresenta quantidade e formas muito precisas e selecionadas de ‘Aspartato de Monometionina de Zinco”, “Aspartato de Magnésio” e vitamina B6.
Esta combinação perfeita difere o ZMA do zinco e magnésio encontrados em outras fórmulas, como os polivitamínicos e multiminerais, disponíveis no mercado.
Uma das carências nutricionais mais comuns entre adultos saudáveis é a falta de magnésio e de zinco. Atletas e praticantes de musculação também apresentam deficiência desses nutrientes em decorrência dos treinos fortes.
O zinco é essencial para várias reações químicas do organismo e parte importante do sistema imunológico. Já o magnésio regula as funções do coração e transporta importantes nutrientes que contribuem com as funções musculares.
A carência desses nutrientes afeta diversos mecanismos endócrinos, provocando queda no rendimento e comprometendo o resultado final dos treinamentos. Recuperá-los somente através da alimentação é tarefa difícil. O ZMA age justamente contra essa falta e traz benefícios reais para a saúde e performance nos treinos.
A adição de vitamina B6 à fórmula do ZMA, contribui para a absorção do zinco e do magnésio, estando diretamente ligada ao metabolismo dos aminoácidos. Esta vitamina também apresenta efeito anticatabólico por estar ligada às reações que favorecem a quebra do glicogênio muscular, para então utilizar a glicose como fonte de energia, poupando assim o uso dos aminoácidos para este propósito.

Porque usar ZMA? Ele funciona?

Devido a sua eficácia comprovada cientificamente para aumento dos níveis de testosterona, esse suplemento vem sendo utilizado por diversos atletas como alternativa segura e natural ao uso de pró-hormônios.
Os pró-hormônios têm sido banidos por muitas organizações esportivas. No Brasil, o uso é proibido por lei por trazer grandes riscos à saúde. Em outro artigo aqui no Treino Mestre falamos mais a respeito dos pró-hormonais e você pode ler aqui.
O ZMA ao contrário apresenta evidências concretas sobre muitos dos seus benefícios. Estudo sugerem que este suplemento alimentar natural aumenta em mais de 30% os níveis de testosterona sem criar metabólitos esteróides. A suplementação com ZMA não causa nenhuma dos efeitos negativos frequentemente associados ao uso de pró-hormonais.

Efeitos e benefícios do ZMA

Pesquisas tem apontado que o ZMA pode ser útil em situações de câimbras e tensões musculares, em casos de insônia e problemas do sono.
Para atletas, o uso deste suplemento pode favorecer o aumento da massa muscular e uma melhor recuperação física. Quando o uso do ZMA é aliado a um bom programa de exercícios físicos e uma alimentação balanceada tem como efeitos e benefícios:
  • aumenta a força e promove o crescimento muscular;
  • aumenta naturalmente os hormônios anabólicos, tais como a testosterona;
  • apresenta altos níveis de magnésio, zinco e vitamina B6;
  • redução do catabolismo muscular;
  • melhora do relaxamento muscular durante o sono, ajudando no processo de recuperação do tecido muscular durante o período pós-treino;
  • diminuição da retenção hídrica;
  • melhora na concentração e nos reflexos;
  • melhora do estado imunológico.

Para quem é indicado o uso do ZMA?

Praticamente todas as pessoas que treinam musculação podem se beneficiar ao utilizar a suplementação com ZMA. Entretanto, é importante procurar um médico ou nutricionista antes de adotar qualquer tipo de suplemento

Como tomar o ZMA:

A recomendação é ingerir o ZMA 30 minutos antes dos treinos e 30 minutos antes de dormir, de preferência com o estômago vazio.
A dica é não consumir o ZMA juntamente ou imediatamente antes ou depois de ingerir alimentos suplementos que contenham alta concentração de cálcio, pois este pode interferir na absorção dos nutrientes presentes no ZMA.


@lorysilvafit
#projetolory 
Curta  FANPAGE Siga  FACEBOOK PESSOAL  INSTAGRAM @lorysilvafit e fique por dentro do mundo saudável!
Use a tag #projetolory e #quasesarada em suas fotos no Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Recentes

Instagram

Instagram
Sigam @lorysilvafit